Apoio e Manutenção das Empilhadeiras

Para garantir um correcto e normal funcionamento das empilhadeiras, são necessárias manutenções frequentes.

Períodos para Manutenção
1. A manutenção diária é normalmente efectuada no fim do turno.
2. Manutenção técnica primária: é efectuada depois da empilhadora ter estado a funcionar 100 horas; um turno de trabalho é igual a duas semanas.
3. Manutenção técnica secundária: é efectuada depois da empilhadeira ter estado em funcionamento por mais de 500 horas; um turno de trabalho é igual a um trimestre:

Ⅰ. Manutenção Diária das Empilhadeiras
1. Utilize água para remover a sujidade ou terra das forquilhas, especialmente nos componentes de transporte, gerador, tanque de água, filtro de ar, etc.
2. Verifique os apertos de cada componentes, nomeadamente, nos rolamento do braço da forquilha, parafusos, tranca de posição, travões, etc.
3. Verifique a fiabilidade e a flexibilidade do pedal de travão e da caixa de engrenagem.
4. Verifique se existe alguma fuga, e proceda e uma verificação de juntas dos tubos, depósitos de combustível, bomba de travões, cilindros, tanque de água, bomba do motor, conversor de tração, transmissão, redutor, engrenagem hidráulica, etc.
5. Retire os sedimentos do filtro do óleo.

Ⅱ. Manutenção Técnica Primária das Empilhadeiras
Além dos itens acima descritos, poderá adicionais os seguintes itens:
1. Verifique a pressão do cilindro ou o nível de vácuo.
2. Examine e ajuste a limpeza da válvula.
3. Verifique se o termostato verifica normalmente ou não.
4. Verifique as condições de funcionamento das válvulas de controlo de múltiplas direcções, cilindro de elevação, cilindro de direcção, bomba de embraiagem, etc.
5. Verifique se a direcção funciona corretamente.
6. Verifique e ajuste o espaço entre o pastilha de travão e o tambor de travão no travão de mão e de pé.
7. Substitua o óleo do reservatório de óleo. Verifique toda a tubagem de distribuição por fendas. Lave o filtro de óleo e o filtro de elementos filtrantes do gasóleo.
8. Verifique a instalação do gerador e do motor de arranque. Verifique se os cabos de ligação estão limpos e fixos. Verifique se as escovas e o distribuidor se encontrar com desgaste,
9. Verifique o grau de aperto da correia de ventilação.
10. Verifique se as rodas se encontram apertadas, ao mesmo tempo verifique se a pressão das mesmas se encontra nos valores definidos. Limpe qualquer impureza ou substância que se encontre na superfície do mesmo.
11. A forquilha deverá ser desmontada para manutenção. Deverá ser sujeita a testes depois de ser remontada.
1) Deverão ser efectuados testes de desempenho aos travões em diferentes inclinações, de forma a evitar deslizes ou arrastamento, devendo em ambos os casos ser possível parar o viatura com o travão de mão.
2) Verifique se existe algum ruído estranho com o motor em funcionamento, quando acelera ou reduz a velocidade, em carga ou sem carga, etc,
3) Durante o teste de ensaio, verifique os travões, a transmissão, o ângulo da forquilha frontal e a bomba da embraiagem, de forma a detetar algum sobre aquecimento.
4) Certifique-se que braço da forquilha vai para cima e para baixo normalmente sem nenhum tipo de vibração.
12. Verifique se o filtro de admissão do reservatório de óleo está bloqueado ou danificado. Se existir algum problema, substitua o mesmo, caso contrário proceda apenas a sua limpeza.

Ⅲ. Manutenção Técnica Secundária das Empilhadeiras
Além de todos os itens na manutenção primária, a manutenção técnica secundária inclui outros itens a serem revistos.

1. Limpe os filtros de óleo, filtros de ar ou tubagem e verifique se existe alguma corrosão, rachas ou outras situações. Depois de limpos, não deverá proceder a secagem com tecidos fibrosos ou roupa.
2. Limpe o conversor de tração, caixa de embraiagem. Verifique se existe algum componentes danificado. Coloque novo óleo.
3. Examine os rolamentos da caixa de transmissão. Se necessário, ajuste a direcção da barra transversal.
4. Verifique se o eixo da direcção está fixo ou se existe algum problema com fugas de óleo. Desmonte e verifique o redutor de velocidade principal, o mecanismo diferencial e a caixa redutora. Ajuste a folga no eixo e adicione ou substitua o óleo lubrificante.
5. Limpe os travões e ajuste o espaço entre as placas de fricção entre o tambor e o pedal de pé.
6. Lave a caixa de embraiagem, e verifique o valor de rotação do volante.
7. Desmonte e limpe a bomba de óleo. Verifique se a engrenagem, caixa e rolamentos não tem falhas ou quebras.
8. Desmonte a válvula de múltiplos sentidos. Verifique o espaço entre a haste da válvula e o corpo da válvula. Não desmonte a válvula de segurança expeto em casos excepcionais.
9. Verifique se as juntas estão ou não danificadas.
10. Desmonte os pneus, e deverá ser aplicada na jante um tratamento anti-ferrugem. Verifique os pneus.
11. Verifique se o travão de mão está fixo.
12. Examine os alojamento da bateria.
13. Limpe o reservatório do radiador de água e de óleo.
14. Verifique se a estrutura está deformada. Desmonte e limpe os rolamentos.
15. Desmonte e verifique todos os cilindros e substitua os anel vedante.
16. Verifique os sensores dos instrumentos, fusíveis e todos os interruptores.

Ⅳ. Lubrificação
A empilhadeiras novas ou as que não são usadas a muito tempo, devem ter os seus rolamentos lubrificados na primeiras duas semanas de funcionamento. Quando lubrificar, utilize óleo novo e force a saída do óleo antigo. Os rolamentos devem ser lubrificados pelo menos duas vezes. Deverá ter esta informação em mente, para que as condições de funcionamento seja sempre as melhores.
1. Antes de lubrificar, livre-se de sujidade na tampo do óleo, fichas, etc. de forma a evitar que a mesma entre para o reservatório.
2. Quando utilizar uma pistola de lubrificante, deverá expelir um pouco de óleo nos componentes, de forma a obrigá-lo a sair.
3. No verão e no inverno, deverá ser utilizado o lubrificante indicado.